Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 17 de agosto de 2016

Setur e Associação Comercial de Guajará discutem estratégias para o turismo

O superintendente Turismo, Júlio Olivar, propôs inicialmente a elaboração de uma agenda que aponte as prioridades para investimento, e ouviu atentamente as reivindicações.
Selo criado pela SETUR para divulgar o turismo em Guajará Mirim.
Os ícones que envolvem o turismo em GM: Mapa da fronteira, cultura, religião, história e natureza/meio ambiente.

O superintendente de Turismo, Júlio Olivar, esteve reunido na noite desta terça-feira (16) na sede da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Guajará Mirim (ACISGM) para um diálogo com a diretoria da entidade e os agentes econômicos de vários segmentos turísticos do município para falar sobre estratégias e diretrizes da política de Turismo e a formulação de planos e programas voltados ao desenvolvimento do setor.
Durante o diálogo, Júlio Olivar recebeu do presidente da ACISGM, Delny Cavalcante Júnior, um documento com alguns pleitos que objetivam fomentar as atividades turísticas da cidade, como por exemplo, a regulamentação da Lei nº 48 de 23 de julho de 1985, que torna Guajará como a 1ª Estância Turística do estado de Rondônia, além de suporte técnico para a elaboração de um plano de desenvolvimento do turismo.
O superintendente Turismo, Júlio Olivar, propôs inicialmente a elaboração de uma agenda que aponte as prioridades para investimento, e ouviu atentamente as reivindicações. Ele explica que o Governo do Estado tem todo interesse em contribuir para a efetivação de Guajará como estância turística, porém essa regulamentação cabe ao município, quanto ao suporte para elaboração de um plano de desenvolvimento, colocou a equipe técnica da Setur a disposição para que juntos possam elaborar medidas para o fortalecimento da infraestrutura turística, qualificação dos serviços e promoção do destino Guajará. Aproveitou para informar várias ações em curso na cidade, como por exemplo, a construção de dois centros culturais e revitalização da estação do Distrito do Iata e o mapa turístico que está sendo elaborado com parceiros.
“Guajará é uma cidade com grandes potenciais, seja no ecoturismo, na cultura ou na gastronomia, é importante aproveitar melhor esse manancial que hoje está sendo desperdiçado como grande catalizador econômico para o município” enfatizou Júlio.
Guajará Mirim tem 36 meios de hospedagem, Júlio Olivar destacou a necessidade do cadastramento destes hotéis e pousadas no Cadastur, que é o sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam na cadeia produtiva do turismo para que seja possível alinhar um diálogo positivo quanto a promoção da cidade.
Ao finalizar a reunião o superintendente propôs a criação de um guia turístico bilíngue, divulgando os principais atrativos da cidade, além de fazer uma interlocução com os proprietários de restaurantes para criação do prato oficial da cidade.
Após a reunião o superintendente foi convidado a conhecer a culinária de Guajará Mirim que, por ser uma cidade fronteiriça, dispõe de uma gastronomia diferenciada com iguarias como a pipoca de pirarucu e o massaco, prato feito à base de carne seca e banana da terra.

Fonte: Setur.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: