Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 11 de agosto de 2016

Governo vai qualificar 10 mil empreendedores em 20 cidades polos de Rondônia

De setembro deste ano a março do ano que vem, o governo de Rondônia vai qualificar cerca de 10 mil empreendedores (pequenos negócios).
Objetivo é orientar empreendedores a investir em projetos inovadores e sair da informalidade.
De setembro deste ano a março do ano que vem, o governo de Rondônia vai qualificar cerca de 10 mil empreendedores (pequenos negócios), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae), com a realização de oficinas informativas e de preparação sobre gestão empresarial, uso de tecnologias, mercado, legislação políticas públicas e serviços financeiros em 20 cidades de rondonienses.

O governo repassou ao Sebrae, por meio de convênio, pouco mais de R$ 600 mil para garantir a realização desses eventos, como uma alternativa a mais para estimular as iniciativas individuais e fortalecer projetos já formalizados e as ideias inovadoras de pequenos negócios nas mais diversas áreas, incluindo o agronegócio, que é marca importante da economia estadual; e também iniciativas de empreendedores urbanos, como os feirantes, fotógrafos, ambulantes, artesões, cabeleireiros, pipoqueiros, entre outros.

Segundo o advogado Pedro Teixeira Chaves, diretor executivo da Superintendência de Desenvolvimento de Rondônia (Suder), a programação das oficinas é de praticamente um ano, com previsão de atender às 20 cidades polos, entre elas Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Cacoal, Pimenta Bueno, Vilhena, Rolim de Moura e Guajará-Mirim, com um conjunto de ações que exigem também a contrapartida de cada município, com a parceria da Associação Rondoniense de Municípios (Arom), organização que tem demonstrado todo interesse em apoiar projetos de fomento de iniciativas empreendedoras.

Para Pedro Teixeira, a distância entre os cidadãos de boas ideias e donos de projetos inovadores de negócios da estrutura governamental é o maior entrave para a expansão do pequeno negócio brasileiro. A realização dessas oficinas, para o governo estadual, é um instrumento de valor para incentivar a formalidade desses negócios, tendo em vista que na sua visão a informalidade continua sendo o grande obstáculo para o pequeno empresário que deseja prosperar no Brasil.

Ele destacou, ainda, que do projeto das oficinas participam também como parceiros o Banco do Brasil (BB) e a Caixa Econômica Federal (CEF), instituições que apoiam e facilitam essas atividades, fornecendo meios e crédito para financiar essas iniciativas, que se completam com um conjunto de medidas, além das estratégias de gestão empresarial, do uso de tecnologias, análise de mercado, para as facilidades para criação de empresas de forma ágil, sem burocracia e com incentivos fiscais, “como tem sido a orientação do governador Confúcio Moura junto à Junta Comercial do Estado (Jucer) e aos demais órgãos administração”.
 
Fonte: Secom - Governo de Rondônia.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: