Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 7 de agosto de 2016

Coluna Almanaque - A AGENDA BRASIL-BOLÍVIA

Por Fábio Marques.
Por Fábio Marques
Em visita protocolar à Câmara Municipal na última terça-feira, o vice-governador do Estado, Daniel Pereira, se reuniu com vereadores, Associação Comercial e empresários para discutir fórmulas de incrementos às relações bilaterais entre o Estado de Rondônia e toda a faixa de fronteira com o Estado do Beni, na Bolívia. Entusiasta da agenda binacional responsável, Daniel Pereira, nestes 18 meses de atuação no Governo Confúcio Moura, já realizou dois comboios levando autoridades e empresários à Trinidad, capital do Beni, para discutir com os líderes políticos da Bolívia logísticas necessárias que consigam vislumbrar o progresso de forma a contribuir para as melhorias nas condições de vida das cidades e povoados que habitam ambos os lados da fronteira.
##########

Ouvindo com atenção as autoridades locais, o vice-governador pôde se inteirar a respeito dos obstáculos técnicos e políticos que hoje atrapalham as boas relações que sempre fixaram os laços de amizade e convivência entre os povos “hermanos” de Guajará-Mirim e Guayaramerin. Para Delnir Cavalcante, presidente da Associação Comercial, a política de transportes fluviais de produtos mercantis deveria ser mais compatível com os recursos humanos e naturais de cada região. “Há anos que a Receita Federal procura exigir a rígida aplicação das normativas nas leis de transportes sem atentar para os drásticos efeitos sociais e prejuízos que esta portaria causaria. “Todos sabemos que a cidade não possui estrutura portuária adequada para o transporte de produtos via balsa fluvial. E ademais, as pequenas empresas que hoje transportam suas cargas através de canoas rabetas, não tem condições físicas para se habilitar ás medidas impostas, devido às cláusulas que as inviabilizam de atuarem no mercado, tais como o limite mínimo de tonelagem, taxas pesadas para embarque nas balsas e os custos elevados para os veículos atuarem no país vizinho”, reclamou.
##########

A proposta de revitalização do aeroporto de Guajará-Mirim também foi assunto levado à mesa de debates. Hoje o terminal aéreo da cidade precisa de iluminação na pista de pousos e decolagens, além de melhorias na estrutura de embarque e desembarque. Com a internacionalização, o aeroporto de Guajará-Mirim poderia estar suprindo precisões setoriais como ponto de escala e conexões para aeronaves tanto do Brasil como de toda a América latina.
##########

Ao final da reunião, os partícipes ficaram de agendar uma audiência pública para discutir com toda a população outras demandas, maneiras e sugestões para as melhorias nas relações bilaterais. Para este fórum de debates cujos reflexos poderão ir de encontro aos anseios de estabilidade, progresso e bem-estar social para os povos hermanos de Brasil e Bolivia, serão também convidados a participar a Receita Federal, Polícia Federal, Anvisa, Associações de comércio de ambas as cidades de fronteira e órgãos ambientais.
##########

Muito louvável a atitude do colega de notícias Abrahim Chamma em estar levando avante sua candidatura à prefeito. Mais louvável ainda é a sua coragem de disputar com os peixes-graúdos da política atual apenas com o discurso e a dignidade. Não que Abrahim não possua trânsito ou bagagem política. Ao contrário, possui uma história de honradez e probidade. Vereador por dois mandatos, também chefiou o DETRAN na cidade, administrou a NUVEPA, dirigiu a Comissão de Licitação da Prefeitura e ocupou diversos outros cargos importantes. Pai exemplar, Abrahim Chamma educou seus filhos com muita dignidade e não há na cidade nenhuma informação que desabone sua conduta ética e moral.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: