Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 15 de julho de 2016

Ministério do Turismo reconhece novo mapa do turismo de Rondônia

O novo mapa do turismo de Rondônia divulgado divide a rota turística do estado em quatro regiões.
Guajará Mirim belezas naturais, como o encontro das águas nos rios Mamoré e Pacaás
 O novo mapa do turismo de Rondônia divulgado pelo Ministério do Turismo, através de levantamento realizado pela Superintendência Estadual de Turismo, onde divide a rota turística do estado em quatro regiões: BR-364/Caminhos de Rondon; Polo Guajará-Mirim; Polo Porto Velho e Vale do Guaporé que identifica os 14 municípios produtos e políticas públicas definidas segundo os critérios técnicos. 

Em entrevista na manhã desta sexta-feira (15), ao Jornal Bom Dia Amazônia, na Rede Amazônica de Televisão, afiliada da TV Globo, o superintendente estadual de Turismo, Júlio Olivar, explicou que o mapa divulgado pelo Ministério de Turismo “é um avanço” e esclarece que, no início da gestão do atual governo do estado, existiam investimentos em apenas três municípios rondonienses.

Júlio Olivar explicou que dentro do novo planejamento do turismo foi instituído um inventário que incluiu potenciais de 40 municípios com visitas técnicas e inclusão da implantação da estância turística de Ouro Preto do Oeste, que faz parte da rota da BR-364/Caminhos de Rondon, e a regulamentação, em trâmite, de Guajará Mirim também com estância.

“A readequação dos polos turísticos do estado aconteceu com o intuito de identificar com um olhar mais sóbrio as cidades que realmente se encaixam neste eixo e que oferecem produtos e a estrutura necessária para este fim”, enfatizou.

Apesar das dificuldades enfrentadas principalmente por conta do baixo orçamento, o Superintendente destaca todo o empenho da Setur em busca de recursos junto aos parlamentares da bancada federal para investir na infraestrutura, aparelhamento, promoção e adequações para o desenvolvimento do turismo de Rondônia.

“É importante que o setor privado se envolva nesta luta atualizando o seu cadastro no Cadastur, pois assim poderemos mensurar a economia e identificar novos potenciais turísticos”, destacou Júlio.

A riqueza das belezas naturais e os ícones históricos do estado foram divididos em três categorias, de acordo com a Categorização dos municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro. 

O eixo turístico histórico conhecido como Caminhos de Rondon é composto pelos municípios de Cacoal, Ji Paraná, Ouro Preto do Oeste, Presidente Médici e Vilhena. O Museu Regional de Arqueologia de Rondônia, em Médici, o Morro Chico Mendes e o vale das Cachoeiras, de Ouro Preto, e o circuito dos parques de exposições agropecuárias são alguns dos atrativos turísticos que compõem os caminhos de Rondon.

Nova Mamoré e Guajará Mirim integram o polo de Guajará Mirim que é rico em belezas naturais, como o encontro das águas nos rios Mamoré e Pacaás, Duelo das Fronteiras, Museu Estrada de Ferro Madeira Mamoré.

A região do Vale do Guaporé é composta pelos municípios de Alta Floresta do Oeste, Costa Marques, Pimenteiras do Oeste, São Francisco do Guaporé, São Miguel do Guaporé, onde estão localizados o Real Forte Príncipe da Beira, em Costa Marques, e o Vale do Guaporé e é importante rota para a pesca esportiva no estado.

Por fim, o polo Porto Velho que inclui Candeias do Jamari. A capital oferece aos visitantes o recém inaugurado centro de exposições Memorial Marechal Rondon, atrativos culturais e de entretenimento, pesca esportiva e outros.
Com informações do Ministério do Turismo.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: