Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 10 de julho de 2016

Estudante de Guajará-Mirim conquista títulos pelo fisiculturismo na Bolívia

– Voltei para academia por estética, queria mudar meu corpo, não estava satisfeito. Quando fiz uns exames, percebi que precisava mudar de vida.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Aos 23 anos, o bodybuilder Freddy Rojas Pardo trilha uma história de superação e sonhos. Nascido em Guajará-Mirim, decidiu fazer faculdade de medicina em Cochabamba, na Bolívia, onde conheceu o fisiculturismo, a esposa e o sonho de chegar a ser campeã da modalidade, que luta para alcançar.
O atleta conta que sempre gostou de esportes e malha desde os 15 anos. No entanto, após duas lesões, uma no joelho e outra no ombro, ficou afastado dos treinos durante alguns anos, o que contribuiu para o aumento de peso. Por não gostar do seu corpo, voltou a malhar depois de mudar de país para melhorar a autoestima e não tinha pretensão de competir profissionalmente como fisiculturista.
– Voltei para academia por estética, queria mudar meu corpo, não estava satisfeito. Quando fiz uns exames, percebi que precisava mudar de vida. No começo não tinha intenção de me tornar profissional, mas depois de assistir um campeonato pela categoria Men’s Physique, e conhecer a história do Felipe Franco, fiquei motivado a conhecer mais sobre o esporte – comenta.
Em 2014, Freddy conquistou o título de Campeão Regional na categoria Men’s Physique, em Cochabamba, Bolívia, logo após competiu no estadual e permaneceu com o primeiro lugar. Classificado para o campeonato nacional ficou na segunda colocação, obtendo a chance de ir para o Campeonato Sul-Americano, mas desistiu por falta de patrocinador.
– Na Bolívia o apoio é bem fraco e esse foi o motivo da desistência de ir pro Sul-Americano, acabou que não fui por falta de apoio. A minha academia me apoiava, mas só na questão de não pagar as mensalidades e as sessões de cama solar. Foi frustrante, mas estou retornando.
Para Freddy, a mudança dos hábitos alimentares e prática de exercícios trouxe disposição e boas surpresas como os títulos internacionais e a conquista de seu prêmio maior: a esposa Camila Mornaga Besen.

 – Minha esposa é essencial para minhas vitórias, me acompanha em treinos e me direciona nos momentos mais difíceis. Ela é minha grande conquista, afirma.
A rotina de treinos é pesada, e unida à faculdade se torna ainda mais desafiador. Freddy acorda cedo, faz sequências de musculação, exercícios cardiovasculares, e sua alimentação é acompanhada pela nutróloga. Para o início de 2017, o fisiculturista promete retorno aos campeonatos internacionais e empenho para futuros trabalhos no Brasil.

Fonte: G1.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: