Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 28 de julho de 2016

Coluna Almanaque - A QUEM INTERESSAR POSSA

Por Fábio Marques.
 Por Fábio Marques
Nas relações interpessoais é impossível não existir atritos entre as opiniões afluentes. Seja no campo da política, do futebol, da situação ou da religião, cada um opina conforme seu critério sócio-cultural. Mas em se tratando de conversa de botequim, a discussão sobre assuntos diversos não deveria em hipótese alguma funcionar como válvula de escape para recalques ocultos ou despeitas incontidas.
Em meus quase quarenta anos de alma boêmia e após algumas amizades desfeitas a goladas, aprendi que as discussões de boteco não devem se constituir numa batalha em que um tem que destruir o outro. Nestas discussões quem tem que se atritar são as idéias e não as pessoas. Outra coisa: nestes embates é essencial respeitar os princípios gerais de liberdade: o direito de dizer, o direito de pensar.
Tem gente que não respeita nem idéias, nem opiniões e muito menos o direito de personalidade de outras pessoas. Se não tivermos paciência e tolerância para com os defeitos e equívocos de opiniões contrárias de nossos colegas, não podemos exigir para nós respeito e tolerância para com a nossa maneira de enxergar as coisas. E mais: a linguagem agressiva é atestado de falta de elegância.
Ocorre que às vezes as pessoas interpretam nossas opiniões conforme suas ignorâncias e presunções, abrindo assim espaços para o acirro de ânimos. Nestas horas quase sempre a emoção sobressai-se sobre a razão e acaba turvando a lógica racional. Tanto nos botecos, assim também como na política, é preciso estar aberto para ganhar posições, conquistar corações e mentes e construir pontes e consensos. Ta dado o recado.
##########

Fiel às suas convicções, o empresário Kerlinger Brito, pré-candidato a vereador, vem cumprindo de maneira obstinada a empreitada que o tem levado a alcançar os objetivos: quer representar a voz e os anseios da população no sentido de exigir uma mudança completa no atual espectro político. De acordo com o empresário, as distorções da política, as mazelas da administração e o desperdício do dinheiro público, além dos efeitos nocivos que carregam consigo, tem trazido atrasos sócio-econômicos para toda a população. Preocupado com esta situação, Kerlinger promete, caso seja eleito, não somente trabalhar projetos para a cidade, mas também fiscalizar a aplicação dos mesmos, executar e tornar realidade estes projetos e suas melhorias efetivas.
##########

Mais uma eleição municipal se aproxima e mais uma vez também ressurgem todo tipo de candidatos aos cargos políticos. Sem nenhum demérito a qualquer um, até porque todos tem o direito de pleitear uma vaga na carreira política, mas tem candidato aí que putzgrila! Não sabem nem onde começa nem onde acaba o ofício do vereador. Não possuem a leitura de que vereador é apenas um servidor público a quem se confia os interesses maiores da população. É por isto que os equívocos e atos falhos de conduta que ocorrem nesta seara acabam se tornando maiores que a irresponsabilidade de fulanos e sicranos. O ofício de vereador é uma outorga que é dada através dos poderes da população a fim de amparar a sociedade em seus anseios e precisões. Esta incumbência exige reflexão profunda, exame apurado e discussão coerente com as retas intenções da população.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: