Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 7 de julho de 2016

Alunos são prejudicados por falta de professores em escola de Guajará

Maior preocupação dos estudantes é a prova do Enem. Segundo CRE, haverá um teste seletivo para contratação de professores.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Diretor da escola afirma que turmas do ensino fundamental e médio estão sem professores de determinadas disciplinas.

Cerca de 60 alunos do terceiro ano do ensino médio da Escola Estadual Rocha Leal estão sem aulas nas disciplinas de geografia e geografia de Rondônia desde março em Guajará-Mirim (RO), a 330 quilômetros de Porto Velho. Segundo eles, a falta de professores prejudica o rendimento escolar no ano letivo, pois o primeiro bimestre ainda não foi concluído.
Além de não terem nota dos primeiros dois bimestres, a maior preocupação dos estudantes é a preparação para realizar as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que serão nos dias 5 e 6 de novembro.
De acordo com a Coordenadoria Regional de Educação (CRE), o último concurso para a contratação de professores foi realizado em 2012, por isso, um novo teste seletivo foi solicitado da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para que novos profissionais sejam contratados. O processo já está em andamento, mas ainda não existe uma data definida para que o teste seletivo seja realizado.
A estudante Lourrana Ferreira, de 17 anos, afirmou que não há professores suficientes para atender todas as turmas e que o problema já existe desde o início do ano letivo.
"Essa situação está prejudicando a gente, pois o Enem já está perto e nem temos nota ainda. Não estamos recebendo a preparação adequada para fazer essa prova que é muito importante e vai definir nosso futuro. Muitos de nós não temos renda para financiar uma faculdade particular, por isso o Enem é a saída para ingressar na universidade federal. Estamos com bastante dificuldade, principalmente em Geografia de Rondônia", falou a jovem, em nome da turma.
Procurado o diretor da escola, Bosco Moisés, declarou que uma das principais preocupações da direção escolar é a reposição das aulas e o auxílio para os candidatos que irão prestar o Enem. Outras turmas do ensino fundamental também estão sem professores de História e Geografia, no período da tarde.
"Iremos fazer um calendário de reposição e também vamos fazer o possível para dar o suporte necessário aos nossos alunos que estão inscritos no Enem. Estamos com a falta de professores em algumas turmas do fundamental, mas esse problema não é exclusivamente nosso, pois várias escolas do estado também passam por isso. A solução seria a contratação de novos professores por um concurso, o mais breve possível", disse Bosco.
Ainda de  acordo com a CRE, as vagas serão preenchidas por professores formados nas áreas específicas, mas a maior dificuldade é que não há uma grande quantidade desses profissionais. Algumas escolas nas zonas rurais de Nova Mamoré (RO) também estão enfrentando o problema da falta de professores, a cerca de 300 quilômetros da capital.

Fonte: G1.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: