Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 15 de junho de 2016

Projeto garante parcelamento do IPVA em cinco meses

O município de Guajará-Mirim lidera o ranking com 52% da frota inadimplente.


Um projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa garantiu duas parcelas a mais para quem renegociar a dívida do IPVA  junto ao Detran de Rondônia. Aprovada em plenário, a nova legislação que alterou o parágrafo primeiro do Artigo 12 da Lei estadual 950/2000 aumentou, de três para cinco, o número de parcelas iguais, mensais e sucessivas para quitação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

De acordo com o parlamentar autor do projeto, deputado Laerte Gomes (PSDB), a alteração da lei vai ajudar na redução da inadimplência que vem crescendo gradativamente no estado, com recorde registrado em maio chegando à casa dos 43,26%. Segundo levantamento da Seção de Processamento de Dados Estatísticos do Detran, a frota de Rondônia é estimada em 878.010 veículos, ou seja, 379.829 estão rodando com documentação irregular. Proporcionalmente, o município de Guajará-Mirim lidera o ranking com 52% da frota inadimplente. Em seguida vem Porto Velho, com 49,5%.

Para o deputado, a medida vai facilitar o adimplemento dos cidadãos rondonienses que, a exemplo dos demais brasileiros, tiveram as finanças afetadas pela crise econômica brasileira.

“É uma alternativa para ajudar tanto o estado, com a redução dessa inadimplência, quanto o proprietário de veículo que não quer arriscar ter o carro apreendido em uma blitz. Alguns estados como o Amapá parcelam o IPVA em até oito vezes, mas analisamos que cinco meses para pagar a dívida já melhora muito as condições para o cidadão rondoniense quitar o débito com o Detran”, disse Laerte Gomes.
Fonte: O MAMORÉ e Decom - ALE/RO.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: