Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 30 de junho de 2016

Procon é instalado para atender consumidores em Guajará-Mirim

Prédio situado em Guajará atenderá também municípios e distritos vizinhos. Órgão irá fiscalizar fornecedores e orientar consumidores.
Procon deve trabalhar para garantir os direitos dos consumidores.

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) foi instalado oficialmente em Guajará-Mirim (RO), cidade situada a 330 quilômetros de Porto Velho, para atender os consumidores do município e de Nova Mamoré (RO). Na manhã desta quarta-feira (29), a coordenação do órgão informou que a unidade vai atuar para defender, orientar e informar os compradores na busca de soluções para problemas relacionados ao consumo de produtos e serviços. Os atendimentos iniciaram na última segunda-feira (27).
Para o estudante de administração Cleiton Paz, de 35 anos, a atuação do órgão irá dar mais segurança aos consumidores. Ele conta que já foi prejudicado diversas vezes durante atendimentos em agências bancárias do município e lamenta que o Procon não tenha sido instalado antes na cidade.
"Já cheguei registrar dois boletins de ocorrência. Ambos foram devido ao tempo de atendimento, fiquei na fila por quase três horas. Quando acontecia esse tipo de transtorno a gente não tinha a quem recorrer. Quem que tinha dinheiro para contratar um advogado ainda fazia valer os seus direitos. O Procon já poderia ter vindo bem antes, no entanto, estou feliz, agora estou mais tranquilo, pois tenho onde reclamar", opinou o estudante.
  Na manhã desta quarta-feira (29), o coordenador estadual do Procon, Rui Costa, disse que a importância do órgão está em transformar a relação de consumo em algo saudável, para que o comprador tenha os direitos respeitados. "A defensoria do consumidor é um direito resguardado na Constituição Federal", declarou.
O coordenador disse também que haverá fiscalizações de caráter educativo para conscientizar os fornecedores dos direitos junto ao consumidor e, também, para os consumidores em relação aos procedimentos de defesa em caso de se sentir lesado. "Não iremos atuar somente no prédio, mas fora da agência também".
Para o empresário Edivan Luciano Souza, que é proprietário de um mercado, a novidade agradou e vai dar mais respaldo para que os atendimentos aos clientes seja feito com mais eficiência.
"Tudo que for para ajudar a melhorar é bem-vindo. Nunca tive problemas com nenhum consumidor no meu estabelecimento e é assim que deveria ser em todos os segmentos. Acredito que o Procon veio para somar e não terei problemas em atendê-los em qualquer fiscalização", comentou o comerciante.
Quando os consumidores se sentirem lesados na aquisição de algum produto ou serviço, a orientação do Procon é que a pessoa procure primeiramente a empresa que fez a venda ou a prestação de serviço para tentar um acordo. Caso não obtenha êxito, deve-se procurar a unidade para fazer valer todos os direitos do comprador, explicou Rui.
De acordo com o Procon, o atendimento aos consumidores ccorre das 7h30 às 13h no prédio localizado na Avenida Doutor Mendonça Lima, Número 999, no Bairro Centro. É necessário que o consumidor leve os documentos pessoais e a prova do ocorrido, que pode ser a nota fiscal do produto ou o contrato de compra e venda.

Fonte: G1.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: