Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 11 de maio de 2016

Ministério Público se reúne com imprensa de Guajará-Mirim

A Promotoria Pública de Guajará-Mirim realizou no final da tarde de terça-feira (10) uma reunião com membros da Imprensa de fronteira, responsáveis ou vinculados aos sites de notícias.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



A Promotoria Pública de Guajará-Mirim realizou no final da tarde de terça-feira (10) uma reunião com membros da Imprensa de fronteira, responsáveis ou vinculados aos sites de notícias.

O intuito do encontro, além de uma maior interação entre o órgão público e a classe de jornalistas, também objetivou encontrar consensos na maneira de trabalhar as matérias de cunho policial e requerer cautela ao divulgar imagens de acusados por crimes ainda sem culpa formada em juízo, e vítimas fatais ou não de acidentes de trânsito ou ainda da violência urbana. O delegado de Polícia Civil, Milton Santana participou do evento.
Na ocasião a promotora de Justiça, Fernanda Poppl explicou que o excesso apelativo de alguns veículos de mídia ao reportar matérias policiais, só contribuem para a ruptura dos princípios e conceitos éticos que deveriam nortear a bússola dos profissionais da imprensa de qualidade. “Alguns órgãos de imprensa extrapolam ao abordar matérias que envolvem crianças e adolescentes ou de natureza sexual que envolvem crianças e adultos”, reclamou.






Em outro tópico da audiência, a agente do MP abordou a questão do abuso ao direito de imagem e solicitou aos presentes mais prudência ao trabalhar com as fotos publicadas nos sites. "O ideal seria que os fotógrafos buscassem outros ângulos de interesse tanto para a matéria como para os leitores, de maneira a preservar a imagem de pessoas e também evitar situações de embaraço e constrangimento para suas famílias”, aconselhou a promotora.
A fim de evitar este tipo de situação, o delegado Milton Santana acentuou que estão proibidas as imagens de presos em flagrante delito no espaço interno da Delegacia de Polícia.
Neste ensejo, todos os presentes tiveram seus instantes propícios para clarear suas dúvidas. Toda a reunião ocorreu num clima quase que informal, chegando até dado momento em que o delegado de polícia exclamou com todas as palavras: - A promotora pode ficar tranquila, que o conjunto que se faz presente neste encontro costuma primar pela qualidade na informação e também na fotomontagem.
Ao final, a doutora Fernanda Poppl disse que acompanha e respeita o trabalho responsável da Imprensa local, agradeceu a colaboração de todos e colocou o Ministério Público a disposição para ajudar nos serviços que a imprensa vem prestando à sociedade.

Fonte: O MAMORÉ.
Autor: Fábio Marques

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: