Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 1 de maio de 2016

Coluna Almanaque - A QUESTÃO DO CAMPO SANTO E AS ELEIÇÕES DE 2016

Por Fábio Marques.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por Fábio Marques

Há exatos 10 anos, ainda à época da Administração Dedé de Melo, a juíza Elisângela Nogueira acatou uma ação cautelar impetrada pelo Ministério Público e embargou o Cemitério Santa Cruz, além de tabelar multa de 5 Mil Reais para cada enterro realizado em caso de descumprimento da sentença. A medida visava interromper a degradação ambiental em virtude da superlotação na cidade mortuária e o estado de abandono da necrópole. 
Não se tem notícia ou memória de como o ex-prefeito conseguiu reparar o quiproquó, mas o fato é que de 2006 para cá, as administrações atuantes tem levado em “banho-maria” o projeto de construção de um novo cemitério em nossa cidade. Quem tem onde cair morto, lógico que não vai se preocupar com estas coisas, mas a questão é fúnebre e sepulcral. Até porque há tempos que os “sem-túmulos” estão brigando por um pedaço de terra maciça abaixo dos sete palmos para poderem desfrutar em sossego a paz eterna.
########## 

Aviso aos senhores promotores e fiscais eleitorais: este ano vai ser preciso manter uma relação mais estreita para fechar o cerco à corrupção durante a campanha eleitoral e quem sabe aprofundar as possibilidades da lei. Refiro-me à Lei 9840-99 que institui a possibilidade de cassação de registro eleitoral de candidatos flagrados comprando votos ou utilizando a máquina pública a seu favor durante a campanha. É de todos sabido que a corrupção eleitoral aqui em nossa cidade é muito grande porque os políticos se aproveitam das carências do povo na maior cara-de-pau. Existem certos políticos que não enxergam o eleitor como cidadão. Quanto mais analfabeto politicamente, melhor agirão sobre ele, porque sabem que poderão voltar a ele nas próximas eleições. Faço este apelo aos nobres magistrados e causídicos, porque são vocês que atuam efetivamente no Tribunal Regional Eleitoral.
##########

No outro espectro da moeda, está faltando também inteligência, bom senso e vergonha na cara por parte de setores da população que se deslumbram com a chegada de qualquer época de eleições. Não é trocando votos por favores e agrados que as coisas irão se resolver. É preciso um mínimo de consciência política para pensar e raciocinar a cidade em termos coletivos. Sabemos que o dinheiro vai estar correndo solto mais uma vez através da propaganda enganosa e da compra dos compráveis. Por isso é que é válido todo esforço que se fizer.
##########

Existe aí um pré-candidato cheio de ganância de poder que costuma abusar da força pecuniária na compra de partidos, membros afiliados e consciências. Trata-se de um arrivista, autocrata, prepotente, arrogante, que “bate pra baixo”, isto é: maltrata sem qualquer consideração aqueles com os quais não simpatiza, a ponto de não ser suportado por quase ninguém. Em suma, não tem competências fundamentais para o exercício do Poder dentro de um Estado de Direito baseado na democracia: dialogar, escutar, negociar. Ilustres concidadãos, nós não podemos entregar um cargo de altíssima importância para alguém que não exprime confiança nem credibilidade. Chega de testes-drives na Prefeitura de Guajará-Mirim.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: