Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 31 de março de 2016

TCE determina devolução de R$ 1,2 milhão por fraude em contrato de marmitex

Fornecimento de marmitex ao sistema prisional de Guajará-Mirim.
Uma tomada de contas especial criada pelo Tribunal de Contas para auditar o contrato de fornecimento de marmitex ao sistema prisional de Guajará-Mirim apontou desvio de recursos públicos da Secretaria de Estado da Segurança Pública através do aumento fraudulento do número de “quentinhas”.

O TCE responsabilizou os proprietários das empresas envolvidas - R. B da S. Pinheiro ME e Empresa A. Bizari - Comércio Importação e Exportação – o ex-secretário de Segurança, Reinaldo Silva Simião, e vários servidores públicos da Secretaria de Justiça (Sejus) e da Superintendência de Licitações (Supel).

Todos foram condenados solidariamente ao pagamento de R$ 1.273.474,16 e impedidos de contratar com a administração pública. A decisão foi publicada no Diário Oficial do TCE desta quarta-feira, 30.

Fonte: Rondônia Agora.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: