Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 21 de março de 2016

Sevic recupera caminhonete roubada

O veículo roubado no município de Ariquemes/RO foi recuperados por agentes da Polícia Civil lotados no município de Guajará-Mirim.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O veículo roubado no município de Ariquemes/RO foi recuperados por agentes da Polícia Civil lotados no município de Guajará-Mirim, neste domingo (20), na área rural do município.

Os policiais lotados no Serviço de Investigação e Captura (Sevic) realizavam diligências na área rural do município, quando no Ramal Do Sol Sol  visualizaram um motociclista transitando em atitude suspeita. Ao receber ordem de parada, o homem foi identificado sendo Genilson Pinheiro Da Costa, de 25 anos, que confessor estar “batendo estrada” para o seu comparsa que seguia logo atrás em uma caminhonete que seria cruzada para o país boliviano. Os policiais então aguardaram, após cerca de cinco minutos chegou à caminhonete Ranger, de cor vermelha, placa OVG 0359, conduzida por Alessandro Aparecido Barbosa De Oliveira , de 33 anos. Este indagado sobre a procedências do veículo, confessou ter recebido o mesmo na estrada do Ramal do Bom Sossego por dois homens, disse não saber seus nomes, ganharia a quantia de R$ 500,00 para realizar o transporte até um porto clandestino e entregar a um homem de nacionalidade boliviana conhecido por “Louro”. Disse também que Genilson ganharia R$ 200,00 para ir à frente, em uma motocicleta e avisar caso tivesse alguma viatura policial e depois conduzi-lo de volta a cidade.


 Após pesquisa foi constatado que a caminhonete havia sido roubada na cidade de Ariquemes, no último sábado (19). O proprietário foi comunicado da recuperação do carro. A dupla e o veículo foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Guajará-Mirim, onde o delegado plantonista autuou em flagrante a dupla pelo crime de receptação, arbitrando fiança de 20 salários mínimos para a soltura de cada um, como não puderam pagar foram encaminhados para o presídio masculino e estão à disposição da Justiça.
Fonte: O MAMORÉ.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: