Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 13 de março de 2016

Primeiro homicídio do ano é marcado com requinte de crueldade

Um jovem de 19 anos foi assassinado na noite deste sábado (12), em frente a um bar localizado no bairro Jardim das Esmeraldas, no município de Guajará-Mirim.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Um jovem de 19 anos foi assassinado na noite deste sábado (12), em frente a um bar localizado no bairro Jardim das Esmeraldas, no município de Guajará-Mirim.
Segundo dados apurados, Samuel da Cruz Bezerra, de 19 anos, encontrava-se transitando, sentido bairro-centro, em uma bicicleta pela Avenida Toufic Melhem Bouchabki com Avenida Dário Gomes, bairro Jardim das Esmeraldas, próximo a sua residência. Populares avistaram Samuel sendo perseguido por um grupo de rapazes, um deles foi reconhecido como o auto de golpes de terçado que vitimaram o jovem. Um lado do rosto estava esfacelado e sem olho, a mão decepada e cortes pelo corpo. Com a chegada do Corpo de Bombeiros, a vítima já estava sem os sinais vitais, a Polícia Militar foi acionada. A equipe de Homicídios da Polícia Civil e o Núcleo de Inteligência do 6º. Batalhão de Polícia Militar passaram a investigar o caso e já tem informações sobre os suspeitos do primeiro homicídio registrado no ano de 2016 em Guajará-Mirim. Samuel tem passagens pela Polícia sob acusações de práticas de furtos. A possibilidade de acerto de contas foi apontada por populares que encontravam-se na cena do crime. As Polícias trabalham para levantar o que de fato ocorreu e o porquê do assassinato.

 Samuel da Cruz Bezerra.

Após a realização dos trabalhos periciais no local do crime, o corpo da vítima foi conduzido ao necrotério do Hospital Regional, que após a necropsia foi liberado para familiares.

Fonte: O MAMORÉ.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: