Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 16 de março de 2016

Policiais civis e militares participam de curso para pilotar embarcações em Guajará-Mirim

Cerca de 40 profissionais da Segurança Pública do Estado de Rondônia, entre policiais civis e militares, recebem mais uma capacitação específica, com a realização do 1º curso Especial para Tripulantes de Embarcações de Estado no Serviço Público (ETSP).
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cerca de 40 profissionais da Segurança Pública do Estado de Rondônia, entre policiais civis e militares, recebem mais uma capacitação específica, com a realização do 1º curso Especial para Tripulantes de Embarcações de Estado no Serviço Público (ETSP).

Servidores em capacitação
Servidores militares e civis passam por capacitação

As aulas acontecem no município de São Francisco do Guaporé até o dia 18 de março. O curso é oferecido pela Marinha do Brasil, por meio da Agência Fluvial de Guajará-Mirim.
A qualificação foi estendida também a três servidores da Secretaria de Estado de Justiça do Estado de Rondônia (Sejus), e um servidor da Câmara Municipal. Ao final do curso, os participantes estão aptos a pilotar embarcações públicas de pequeno porte. Participam da instrução pela Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania 31 policiais militares e cinco civis.
Temas como nomenclatura da embarcação, legislação, manobra da embarcação, segurança e sobrevivência pessoal, comunicação, estabilidade, meteorologia, navegação e motor propulsor serão abordados.
A instrução prática de navegação está prevista para o dia 17, no rio Guaporé. Quatro instrutores da Marinha acompanham os alunos. As provas acontecem no dia 18. Ao final do curso, os alunos aprovados recebem a carteira Especial para Condução de Embarcações de Estado no Serviço Público.
De acordo com o Secretário de Segurança, Antônio Carlos dos Reis, a capacitação agrega valor aos servidores. “O treinamento é fundamental para os policiais que trabalham na fronteira, são 1.342 km de rios entre Brasil e Bolívia, na sua maioria navegáveis, o que exige capacitação constante de policiais”, finalizou.

Fonte: Decom - Governo/RO.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: