Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 30 de março de 2016

Governo de Rondônia, discutem canal de importação e exportação para o Pacifico

A abertura de um canal de importação e exportação de produtos rondoniense para o Pacífico, por meio da travessia de balsas pelos municípios de Costa Marques e Guajará-Mirim.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 
A abertura de um canal de importação e exportação de produtos rondoniense para o Pacífico, por meio da travessia de balsas pelos municípios de Costa Marques e Guajará-Mirim, será um dos principais assuntos da reunião técnica do Acordo Internacional “Mesa de Irmandade”, entre o Governo de Rondônia e o Departamento de Beni, na Bolívia. O evento, que contará com a presença de 14 autoridades bolivianas, acontece nesta quinta-feira (31) e sexta-feira (1 de abril), no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho.
 
Para instalação de balsas nos municípios de Guajará-Mirim e Costa Marques, para o canal de exportação pelo Pacífico via Bolívia e depois pelo Porto de llo no Perú, os dois países irão discutir a instalação de postos de fiscalização, de migração, da Polícia Federal e vigilância sanitária. “Para Rondônia é mais perto levar mercadorias saindo pelo Pacifico do que pelo Atlântico. São 15 mil quilômetros a menos, barateando o frete e viabilizando a exportação de produtos rondoniense no mercado asiático”, explicou Hélder Risler de Oliveira, secretário da Mesa Técnica de Negociação.Outro ponto da reunião será o barco que o Governo do Estado construiu para fazer atuação de saúde básica nas margens dos rios de Guajará-Mirim e Costa Marques, com profissionais da área de saúde dos dois países, em convênio com o Ministério da Saúde (MS).
 
Na área da educação, será discutido intercâmbio de professores que ensinam Espanhol na rede pública estadual de Rondônia para fazer estágio na Bolívia. Da mesma forma, os profissionais da Bolívia que ensinam a língua portuguesa virão fazer estágio em Rondônia. “A ideia é que na área fronteiriça os estudantes sejam formados nas duas línguas para integração maior dos países”, acrescentou Hélder Risler de Oliveira.Também constam na agenda da reunião da Mesa Técnica de Negociação assuntos relacionados aos setores agropecuário e industrial.
 
Fonte: Decom/RO.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: