Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 4 de março de 2016

Câmara instaura processo de cassação contra prefeito Dúlcio Mendes

Câmara Municipal de Guajará-Mirim acatou a denúncia pedindo a formação de uma CPI com o objetivo de apurar supostas práticas de ilícitos públicos do prefeito.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 Na Sessão Plenária que ocorreu na noite de quinta-feira (03), a Câmara Municipal de Guajará-Mirim acatou a denúncia que ofereceu o vereador Cleb Freitas (PT do B), pedindo a formação de uma Comissão Processual de Inquérito com o objetivo de apurar supostas práticas de ilícitos públicos do prefeito Dúlcio Mendes no exercício do mandato.
Em sua justificativa, o vereador imputou ao prefeito petista crimes de apropriação indébita. Segundo o parlamentar, a prefeitura está deixando de repassar à previdência Social as contribuições que se recolhem dos empregados municipais no prazo e na forma autorizada da lei.
O vereador embasa ainda seu pedido de abertura de CPI municipal, com amparo em ofício oriundo do Conselho Curador e do Portal da Justiça de Rondônia referente à Fazenda Pública pertinente à esta situação.
Acolhida pelo Plenário como uma petição plausível, o pedido do vereador Cleb Freitas obteve votação favorável unânime para as praxes que se precisam para a evolução dos trabalhos de análise.
Uma vez votada e aprovada, a Mesa Diretora designou uma Comissão que vai esmiuçar, destrinchar e detalhar todos os pormenores em relação a esta escabrosa situação.
A comissão, escolhida através de sorteio aberto ficou formada com o seguinte triunvirato: Maurício Dibas como presidente, Roberto Wham-pá como relator e Josué Bocão como membro.

Fonte: O MAMORÉ.
Autor Fábio Marques. 

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: