Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 12 de fevereiro de 2016

Governo de Rondônia fecha plano de ação das unidades regionais no interior do estado

Durante encontro em Ouro Preto do Oeste, na última semana, entre secretários das Unidades Avançadas de Planejamento, Orçamento e Gestão Regional (UAPG), que representam o governo em nove regiões de Rondônia, foi definido um plano contendo projetos prioritários com foco no desenvolvimento econômico e sustentável das localidades.
Durante encontro em Ouro Preto do Oeste, na última semana, entre secretários das Unidades Avançadas de Planejamento, Orçamento e Gestão Regional (UAPG), que representam o governo em nove regiões de Rondônia, foi definido um plano contendo projetos prioritários com foco no desenvolvimento econômico e sustentável das localidades. A primeira reunião de trabalho de 2016 foi conduzida pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).
 Entre os projetos estabelecidos no plano, estão a implantação de uma Usina de Nitrogênio, em Ariquemes; Incentivo ao plantio de café em assentamentos com famílias de baixa renda em Machadinho do Oeste e Vale do Anari; e Incentivo ao plantio de cacau para dez famílias de baixa renda em Theobroma. Em Jaru, ficou estabelecida a implantação do projeto ‘Nem todo lixo é lixo’.
 
Na região de Ouro Preto do Oeste, o incentivo às agroindústrias deve ganhar força com a implantação de uma vitrine expondo os produtos de sete organizações aos turistas que visitam o município. Em Ji-Paraná, o objetivo será aumentar e recuperar a produção de leite. Para a região de São Francisco do Guaporé, ficou estabelecida a implantação de um viveiro de castanhas do Brasil. O apoio aos pequenos produtores de café será intensificado na região de Cacoal.
 
A aquisição de maquinários para auxilio às agroindústrias e a realização de uma feira para incentivo produtivo também serão priorizadas, respectivamente, para a região de Vilhena e Rolim de Moura. Em Guajará-Mirim, o foco será a piscicultura em tanques escavados para as associações.
 
De acordo com o titular da Sepog, George Braga, todos os projetos deverão ser realizados em parceria com órgãos competentes a cada segmento. “Todos têm prazo para serem executados em 2016, paralelo às demandas do governador Confúcio Moura, aos trabalhos do território da cidadania e ao acompanhamento das obras do estado nos municípios, entre outras ações”, ressaltou o secretário.
 
As Unidades Regionais estão localizadas nos municípios de Ariquemes, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Cacoal, Vilhena, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé e Guajará-Mirim.
Durante encontro em Ouro Preto do Oeste, na última semana, entre secretários das Unidades Avançadas de Planejamento, Orçamento e Gestão Regional (UAPG), que representam o governo em nove regiões de Rondônia, foi definido um plano contendo projetos prioritários com foco no desenvolvimento econômico e sustentável das localidades. A primeira reunião de trabalho de 2016 foi conduzida pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).
 
Entre os projetos estabelecidos no plano, estão a implantação de uma Usina de Nitrogênio, em Ariquemes; Incentivo ao plantio de café em assentamentos com famílias de baixa renda em Machadinho do Oeste e Vale do Anari; e Incentivo ao plantio de cacau para dez famílias de baixa renda em Theobroma. Em Jaru, ficou estabelecida a implantação do projeto ‘Nem todo lixo é lixo’.
 
Na região de Ouro Preto do Oeste, o incentivo às agroindústrias deve ganhar força com a implantação de uma vitrine expondo os produtos de sete organizações aos turistas que visitam o município. Em Ji-Paraná, o objetivo será aumentar e recuperar a produção de leite. Para a região de São Francisco do Guaporé, ficou estabelecida a implantação de um viveiro de castanhas do Brasil. O apoio aos pequenos produtores de café será intensificado na região de Cacoal.
 
A aquisição de maquinários para auxilio às agroindústrias e a realização de uma feira para incentivo produtivo também serão priorizadas, respectivamente, para a região de Vilhena e Rolim de Moura. Em Guajará-Mirim, o foco será a piscicultura em tanques escavados para as associações.
 
De acordo com o titular da Sepog, George Braga, todos os projetos deverão ser realizados em parceria com órgãos competentes a cada segmento. “Todos têm prazo para serem executados em 2016, paralelo às demandas do governador Confúcio Moura, aos trabalhos do território da cidadania e ao acompanhamento das obras do estado nos municípios, entre outras ações”, ressaltou o secretário.
 
As Unidades Regionais estão localizadas nos municípios de Ariquemes, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Cacoal, Vilhena, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé e Guajará-Mirim.
Durante encontro em Ouro Preto do Oeste, na última semana, entre secretários das Unidades Avançadas de Planejamento, Orçamento e Gestão Regional (UAPG), que representam o governo em nove regiões de Rondônia, foi definido um plano contendo projetos prioritários com foco no desenvolvimento econômico e sustentável das localidades. A primeira reunião de trabalho de 2016 foi conduzida pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).
 Entre os projetos estabelecidos no plano, estão a implantação de uma Usina de Nitrogênio, em Ariquemes; Incentivo ao plantio de café em assentamentos com famílias de baixa renda em Machadinho do Oeste e Vale do Anari; e Incentivo ao plantio de cacau para dez famílias de baixa renda em Theobroma. Em Jaru, ficou estabelecida a implantação do projeto ‘Nem todo lixo é lixo’.
 Na região de Ouro Preto do Oeste, o incentivo às agroindústrias deve ganhar força com a implantação de uma vitrine expondo os produtos de sete organizações aos turistas que visitam o município. Em Ji-Paraná, o objetivo será aumentar e recuperar a produção de leite. Para a região de São Francisco do Guaporé, ficou estabelecida a implantação de um viveiro de castanhas do Brasil. O apoio aos pequenos produtores de café será intensificado na região de Cacoal.
 A aquisição de maquinários para auxilio às agroindústrias e a realização de uma feira para incentivo produtivo também serão priorizadas, respectivamente, para a região de Vilhena e Rolim de Moura. Em Guajará-Mirim, o foco será a piscicultura em tanques escavados para as associações.
 De acordo com o titular da Sepog, George Braga, todos os projetos deverão ser realizados em parceria com órgãos competentes a cada segmento. “Todos têm prazo para serem executados em 2016, paralelo às demandas do governador Confúcio Moura, aos trabalhos do território da cidadania e ao acompanhamento das obras do estado nos municípios, entre outras ações”, ressaltou o secretário.
 As Unidades Regionais estão localizadas nos municípios de Ariquemes, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Cacoal, Vilhena, Rolim de Moura, São Francisco do Guaporé e Guajará-Mirim.
 
Fonte: Decom - Governo de RO.
Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: