Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 4 de fevereiro de 2016

Cadeia produtiva do leite de Nova Mamoré ganha projeto piloto

A produção leiteira de Nova Mamoré vem se solidificando ao longo dos últimos anos e destacando-se como a terceira maior do Estado. Nesta semana, representantes do SEBRAE, da EMATER local e a secretaria municipal de Agricultura e Pecuária em uma reunião.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CADEIA PRODUTIVA DO LEITE DE NOVA MAMORÉ GANHA PROJETO PILOTO

A produção leiteira de Nova Mamoré vem se solidificando ao longo dos últimos anos e destacando-se como a terceira maior do Estado. Nesta semana, representantes do SEBRAE, da EMATER local e o secretário municipal de Agricultura e Pecuária, Almir Rodrigues, em uma reunião realizada no gabinete do prefeito, definiram critérios e metas para a implantação de um projeto piloto que deverá alavancar ainda mais a vocação leiteira do município.

Será o primeiro a ser implantado em Rondônia. De acordo com o secretário de Agricultura, serão escolhidos quarenta produtores rurais, segundo alguns critérios definidos pelo Comitê Gestor que receberão durante o período de quatro anos (2016/2019), assistência técnica específica, apoio financeiro e toda a logística necessária para elevar a produção leiteira nestas propriedades.

Durante a execução do projeto os produtores receberão informações sobre manejo do rebanho, melhoramento genético, ordenha, higiene, sanidade, alimentação e comercialização, entre outras variáveis. “Será uma oportunidade para Nova Mamoré  reafirmar ainda mais sua posição na produção leiteira do Estado. O projeto vai agregar tecnologias e conhecimentos e será referência para os demais produtores no município e na região.”, declarou Almir Rodrigues.

Fonte: Assessoria.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: