Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 19 de janeiro de 2016

Sempedec firma parceria com Nova Mamoré e Guajará Mirim para monitoramento de rios

O secretário municipal de Programas Especiais e Defesa Civil e o coordenador municipal de Defesa Civil estiveram no final de semana em Nova Mamoré e em Guajará Mirim, distantes cerca 280 KM e 320 KM de Porto Velho respectivamente, para tratar de uma parceria com os municípios com o objetivo de realizar atividades de monitoramento dos rios existentes no trajeto das duas cidades e troca de informações.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




O secretário municipal de Programas Especiais e Defesa Civil , Vicente Bessa e o coordenador municipal de Defesa Civil, Marcelo Santos, estiveram no  final de semana em Nova Mamoré e em Guajará Mirim, distantes cerca 280 KM e 320 KM de Porto Velho respectivamente, para tratar de uma parceria com os municípios com o objetivo de realizar atividades de monitoramento dos rios existentes no trajeto das duas cidades e troca de informações.

De acordo com Bessa com a cheia histórica de 2014, aumentaram as ações de prevenção. “Porto Velho não estava preparada para um acontecimento como a cheia de dois anos atrás. Tínhamos apenas uma coordenadoria municipal com estrutura mínima e que atendia moradores de áreas de risco e ribeirinhos. Ninguém esperava que o Rio Madeira tomasse tamanha proporção e causasse tanta destruição. Com a ajuda de muitos colaboradores e atitudes céleres da gestão não foi registrado nenhum óbito e com o trabalho de monitoramento também não foram registradas endemias”, destacou o secretário.

 Vicente lembrou ainda que o apoio irrestrito do prefeito Mauro Nazif e sua grande sensibilidade e preocupação com a população da capital, levou à criação da Sempedec que a cada dia tem sua capacidade ampliada, devido a sua grande importância que se percebeu durante a cheia histórica. “E hoje estamos ampliando nossas atividades, buscando mais parcerias, estudos, informações e realizando monitoramento. Esta visita a Nova Mamoré e Guajará é justamente para criar um relacionamento mais próximo com os administradores e suas equipes técnicas. O nosso Rio Madeira é formado pela junção dos Rio Beni e Mamoré que passam por estas regiões. Se tivermos as atualizações dos níveis e comportamento destes rios podemos ir criando um banco de informações que servirão para atuar com maior rapidez e prestar o apoio necessário, como também agir com precisão em caso de novas enchentes", disse o.
Em Nova Mamoré, a equipe da prefeitura foi recebida pelo prefeito Laerte Silva e pelo coordenador municipal de Defesa Civil, Robert Aguiar que elogiaram a iniciativa da prefeitura. “Muito importante essa parceria. Os municípios estarão juntos em prol de atender a população com maior eficiência e trabalhar na prevenção”, disseram.

Ao ser recebido pelo prefeito de Guajará-Mirim, Dúlcio Mendes, e pelo coordenador municipal de Defesa Civil Marcelo Alves, o secretário Bessa observou que os dois municípios ficaram isolados com a cheia histórica, fato reforçado pelo prefeito Dúlcio. “Foi um período de muitos transtornos para nossa cidade que precisa ser abastecida em todos os setores com produtos que vem das diversas regiões do país e que para chegarem aqui, passam por Porto Velho. Com a rodovia interditada ficou tudo difícil, pois só estava sendo possível o trajeto via balsa o que levava à demora”, comentou acrescentando que, com a parceria, a troca de informações e apoio tornará o trabalho de prevenção ainda mais eficiente.
O coordenador Marcelo Alves enfatizou que o apoio será de grande importância, principalmente porque a Defesa Civil em Guajará é um órgão recentemente criado e que necessita de referências para ampliar suas atividades. “Temos a Coordenadoria criada há apenas dois anos. Ainda temos muito o que aprender. Não queremos ter que aprender na prática, numa enchente de surpresa. Se tivermos as informações corretas, o apoio necessário, e a estrutura adequada poderemos agir com maior rapidez e qualidade”, frisou.
O coordenador municipal de Defesa Civil de Porto Velho, Marcelo Santos, enfatizou que a Sempedec estará à disposição para isto e que com frequência fará vistorias e visitas às regiões. “Estaremos juntos realizando este monitoramento e trocando informações. Cresceremos juntos”.

Fonte: Assessoria.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: