Nova Mamoré

[Nova Mamoré][list]

Geral

[Geral][bsummary]

Últimas Notícias

[recentposts]

Outras Notícias

[randomposts]

Publicações Legais

[AP][twocolumns]
Navegação
Publicado em 25 de janeiro de 2016

Apenados causam tumulto em Unidade Prisional

Com a fuga de dois presos internados na Unidade Prisional do Regime Semi Aberto, em Guajará-Mirim, os demais presos deram início a um tumulto, terminando com danos matérias e ameaças.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Com a fuga de dois presos internados na Unidade Prisional do Regime Semi Aberto, em Guajará-Mirim, os demais presos deram início a um tumulto, terminando com danos matérias e ameaças. Um detento continua foragido.
Conforme relatos de agentes penitenciários, os detentos Rafael Fernandes Pereira, de 22 anos e Jorge Vieira Dos Santos Junior, na noite deste domingo (24), estavam internados na cela da triagem da unidade, quando quebraram a porta da cela e a dobradiça, em seguida danificaram a tornozeleira, conseguindo assim fugir do prédio, que está localizado na Avenida Duque de Caxias, bairro Santa Luzia. Mesmo com poucos agentes penitenciários de plantão, estes ainda conseguiram deter Rafael, tendo o apoio de uma guarnição da Polícia Militar. Ao retornarem com o apenado para o prédio, depararam com os detentos iniciando um tumulto. Disparo de arma de fogo foi necessário para acalmar os ânimos dos detentos, pois forçavam as grades. Genilson Mejia Valente foi retirado da cela após intensificar ameaças de morte a um dos agentes que encontrava-se no local. O detento foi retirado, mesmo reagindo contra os agentes com o uso da força moderada. Elson da Silva Duarte acusado de induzir os presos também foi retirado da cela. De acordo ainda com os agentes, as ameaças intensificaram com a saída dos presos que apresentavam sintomas de embriaguez alcoólica. Jorge Vieira continua foragido do regime semi aberto.
“O Mamoré” apurou que os plantões na Unidade Prisional estão sendo realizados por três agentes por turno, para fiscalizar detentos alojados na unidade e aqueles que são monitorados pela tornozeleira. A estrutura do prédio também não apresenta segurança para agentes e para o próprio preso, diversas ocorrências foram registradas por agentes onde os presos conseguem com facilidade adentrar com drogas e bebida alcoólica no prédio, devido à falta de contingente e a estrutura física do prédio.

Enviar

O Mamoré

Themelet provides the best in market today. We work hard to make the clean, modern and SEO friendly blogger templates.

Comentários: